A Global Crossing, fornecedora de soluções em IP, foi contratada pela brasileira BRQ IT Services para fornecer serviços de Managed Wan Optimization.

No acordo, os 2,5 mil funcionários distribuídos em São Paulo, Barueri, Rio, Curitiba, Fortaleza e Brasília, terão acesso compartilhado a aplicações e servidores remotamente.

Os valores e a vigência do contrato não foram revelados.

Como relembra José Carlos Magno, o gerente de infraestrutura da BRQ, a parceria não é de agora.

“A Global Crossing também é responsável por nosso link de comunicação e pela rede Multi Protocol Label Switching, desde 2008”, diz Magno.

Segundo o vice-presidente sênior de vendas da Global Crossing, Marcos Malfatti, um dos possíveis ganhos obtidos com as soluções de rede é o alinhamento entre custos e produtividade.

“As soluções possibilitam ao cliente delegar todas as tarefas e atividades operativas associadas com o monitoramento da rede de telecomunicações para a Global Crossing, possibilitando que o cliente foque em seu negócio”, destaca Malfatti.

Fundada em 1993, a BRQ possui ofertas em outsourcing, fábrica de software, desenvolvimento de projetos sob medida, soluções de mobilidade, BI, ECM, BPM, ALM à consultoria e infraestrutura.

Em média, a empresa cresce 30% ao ano e, em 2010, teve receita de R$ 250 milhões.

São mais 2,5 mil profissionais na empresa, atualmente distribuídos em São Paulo, Barueri, Rio, Curitiba, Fortaleza, Brasília e Nova York.

Hoje, a Global Crossing oferece serviços a cerca de 40% das empresas Fortune 500, atuando em 700 cidades em mais de 70 países, e possui 17 data centers de classe mundial.