A KingHost porto-alegrense especializada em hospedagem web, projeta elevar em 25 mil nomes sua carteira de clientes em 2012, chegando a pelo menos 75 mil contas ativas.

A empresa não revela números de faturamento, mas afirma que aumentou 52% no ano passado, totalizando 182 mil domínios hospedados.

Para este ano, a meta é crescer 62%, além de abrir duas novas operações de data Center: uma em Curitiba, ainda no primeiro trimestre, e outra em Belo Horizonte, no segundo semestre.

A ativação do data Center curitibano acontece nas instalações da Global Crossing/Level3, já mantida pela companhia.

“A operação irá completar o anel ótico que contratamos de mais de uma operadora, envolvendo Porto Alegre, Curitiba e São Paulo”, afirma Juliano Primavesi, diretor da KingHost.

Os planos para este ano também incluem o aumento do provisionamento do data center de Cotia, contratações para aumentar em 25% a atual equipe de 83 colaboradores e parcerias para capacitação do time, como a recém firmada com a Sisnema.

“Também lançaremos serviço de banco de dados Oracle em ambiente compartilhado”, afirma Primavesi.

Já em 2011, a companhia lançou novidades, como o acelerador HTTPVarnish Cache.

“Fomos pioneiros em disponibilizar esta tecnologia gerenciável por painel de controle, o peering direto, com serviço de cloud da Amazon no Brasil, dando mais velocidade para aplicações de clientes hospedados tanto na Amazon.com quanto na KingHost”, afirma Primavesi.

Investimentos em hardware também marcaram o ano da companhia gaúcha, como a aquisição de novos roteadores para ampliar a vazão do link de Internet, que aumentou para 3,8 Gbps.

Qualidade
A empresa também ampliou a estrutura, com um novo espaço físico do Suporte NI, o que permitiu também a ampliação da equipe, que cresceu 26%.

Conforme Primavesi, ainda está em andamento a preparação de mais um andar, com espaços para ginástica laboral e massoterapia – práticas que hoje já são realizadas nos demais ambientes da empresa.