A operação comercial da GVT em Osasco (SP) foi ativada nessa semana oferecendo telefonia fixa e banda larga a 100Mbps em 22 bairros da cidade – representando 23% de cobertura do município de de 666 milhões de habitantes, segundo o IBGE, situado a 18 quilômetros da capital.

O investimento inicial na cidade é de R$ 18 milhões para a construção da rede com capacidade de 17 mil acessos de banda larga e de telefonia fixa.

Desde dezembro de 2010 a GVT realiza vendas dirigidas a pessoas e empresas localizadas em áreas onde a rede de telecomunicações já estava concluída.

Do total de acessos comercializados na cidade, 94% são planos com banda larga. Entre os clientes de banda larga, 97% escolheram velocidades iguais ou superiores a 10 Mbps.

A cobertura inicial abrange 22 bairros: Adalgisa, Bela Vista, Bonfim, Bussocaba, Centro, Cidade de Deus, Cipava, Industrial Altino, Industrial Autonomistas, Industrial Centro, Jaguaribe, Jardim D´abril, Jardim das Flores, KM 18, Pestana, Presidente Altino, Santo Antônio, Umuarama, Vila Campesina, Vila Osasco, Vila Yara e Vila Yolanda.

A GVT opera no estado de São Paulo desde 2002, mas até o ano passado oferecia serviços apenas para o mercado corporativo. Em julho de 2010, foi dado o primeiro passo para atender o residencias, pequenas e médias empresas.

Em outubro, a GVT começou a operar em Campinas e Piracicaba. No início deste ano aconteceu o lançamento comercial em Guarulhos e nos próximos meses a região do ABC também será atendida.

Com a implantação em Osasco, são mais de 100 cidades que contam com os serviços da GVT em 17 Estados nas regiões Sul, Sudeste, Nordeste, Centro Oeste e mais o Distrito Federal.