A Research In Motion, fabricante do smartphone BlackBerry, está em apertos.

Um relatório divulgado nesta quarta-feira, 01, pela corretora Sanford C. Bernstein apontou que 74% de um grupo de 200 companhias no Reino Unido e nos Estados Unidos usuárias de serviços de e-mail móvel estavam trocando o BlackBerry  por aparelhos Apple ou baseados no Android.

De acordo com informações da Reuters, ações da companhia chegaram a cair para seu nível mais baixo em 17 meses, com uma queda de 18%.

"Quase todas essas empresas ‘abriram’ seus sistemas nos últimos dois anos, metade delas, nos últimos 12 meses", disse o analista Pierre Ferragu em relatório para clientes.

Outros problemas enfrentados pela multinacional canandense são pressão de países como a Índia pela instalação de servidores locais de e-mails e a fraca recepção do modelo touchscreen BlackBerry Touch.