A CPFL Energia migrou seu data center da IBM para a CSC. O processo, iniciado em novembro de 2009 e que levou cerca de um mês para ser concluído, consumiu investimento de R$ 20 milhões, também destinados à uma estrutura baseada no conceito de Green IT.

A nova estrutura, que fica em Campinas e unifica todos os servidores e sistemas das empresas do grupo CPFL, garante economia de até 30% no consumo de energia, conforme Marcelo Carreras, diretor de TI da companhia.

“A rápida transição de contratos, da IBM para a CSC, foi importante para darmos continuidade a todos os processos e migrações que fizemos”, complementa Carlos Alberto Belarmino Teixeira, gerente de Arquitetura, Tecnologia e Segurança.

Segundo o executivo, o projeto envolveu o trabalho de 45 colaboradores de diversas áreas e diretorias da empresa. Agora, na nova estrutura, três colaboradores irão atuar, em cada turno, para monitorar e acompanhar as operações do data center.

A nova fornecedora de soluções de data center da CPFL, a CSC, é norte-americana e mantém outros três escritórios na Austrália, Ásia e Europa, além de 95 mil profissionais distribuídos por unidades instaladas em mais de 90 países.

Na América Latina, a companhia possui sites no Brasil e Chile.