Paulo Garutti é o novo diretor da área de Wire&Cable para o Brasil e Cone Sul da Anixter.

O executivo, que iniciou a carreira na Tyco Electronics, onde trabalhou por seis anos, e em seguida foi responsável pelo início das operações da Komax no Brasil, tornando-se country manager e permanecendo por 16 anos, assume o cargo com meta de tornar a divisão responsável por 40% da receita em cinco anos.

O novo diretor será responsável pelas operações no Brasil, Argentina, Chile e Peru. Hoje, só no mercado brasileiro a uniadde de fios e cabos da Anixter representa 8% dos ganhos locais - "muito pouco", avelia Garutti.

"Quero mostrar ao mercado que somos mais do que uma simples distribuidora de fios e cabos. Além de vendermos acessórios, switches industriais, soluções de segurança, fibra óptica, somos consultores, desenvolvemos projetos", enfatiza o executivo.

Para crescer no mercado brasileiro, em especial, Garutti vê oportunidades na realização da Copa do Mundo de 2014 e nas Olimpíadas de 2016.

"Estes eventos trarão altos investimentos na área de infraestrutura", afirma o executivo. "Paralelamente, pretendemos conquistar projetos provenientes do pré-sal, das energias renováveis, do conceito de smart grid e dos programas de OEM", comenta.

Com isso, a meta é atingir novos mercados como áudio e vídeo, açúcar e álcool, além da automação industrial. Ampliar a atuação nos setores de mineração, transportes, óleo e gás e estaleiros também está na mira.

Para dar início à sua estratégia, o diretor já abriu a contratação de profissionais e cadastramento de parceiros.

Na área de Wire&Cable, a Anixter oferece soluções integradas a seu portfólio de ECS (Enterprise Cabling Solutions), envolvendo os setores de infraestrutura, cabeamento, segurança física (CFTV e controle de acesso), além de comunicações unificadas.

A Anixter tem sede nos EUA e subsidiárias que atendem a clientes de mais de 52 países.

No ano passado, as receitas da companhia superaram US$ 5 bilhões.

De olho no Sul
Em agosto deste ano, a Anixter estabeleceu uma gerência regional no Sul. O contratado foi André Luiz de Paula Souza, que fica sediado em Curitiba e atende a clientes e aos cerca de dez canais hoje mantidos pela companhia nos três estados da região.

Com isso, ainda em 2010 a meta é elevar o número de canais para aproximadamente 30. Além disso, a Anixter já planeja abrir outra unidade na região: em 2011, deverá ser a vez de Porto Alegre, em uma operação que terá equipes de engenharia de pré-vendas, suporte e logística.