A Cemig Telecomunicações adquiriu da Asamar 49% de participação na Ativas.

O negócio foi fechado por um aporte inicial de R$ 6,7 milhões, relativo a reembolso de patrimônio líquido utilizado, em maior parte, para aquisição do terreno onde a construção do data center Tier III de 11 mil metros quadrados do grupo começa a operar em agosto.

A nota da Asamar não esclarece o valor total do negócio. O novo data center custará R$ 50 milhões.

“Consideramos também a capilaridade da CemigTelecom, que possui forte atuação no mercado. Uma empresa tende a fortalecer a outra, sendo ambas mais competitivas com esse negócio”, explica o CEO da Ativas, Alexandre Siffert.

Para o empreendimento completo, a Ativas tem contrato de financiamento com o BDMG , sendo o limite aberto para a empresa de R$50 milhões - cerca de 54% do investimento total, que envolve também recursos de fundos estaduais.

A expectativa de faturamento anual, a partir de 2014, ultrapassa os R$ 200 milhões.

Conforme o executivo, a escolha da CEMIGTelecom foi estratégica para a Ativas, que viu na parceria uma oportunidade para ambas as empresas potencializarem seus negócios, uma vez que atuam em áreas convergentes – a CEMIGTelecom como fornecedora de infraestrutura de Telecom e a Ativas como prestadora de serviços de TI.