A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) apreendeu computadores e aplicou uma multa de R$ 3 mil à três vizinhos, na semana passada, em Teresina, no Piauí. O crime: compartilhar o sinal de internet sem fio.

Segundo o portal 180 Graus, o trio queria reduzir os custos de assinatura do serviço de banda larga.

Como moravam muito próximos uns dos outros, fizeram uma assinatura única do Oi/Velox a partir da linha telefônica de um deles e, depois, instalaram um roteador.

O sinal era captado pelos três, que depois também rachavam a conta da operadora.

Por se tratarem de pessoas de baixa renda, destaca o 180 Graus, os usuários alegaram que “essa foi a única forma que encontraram para ter acesso ao serviço”.

Conforme o site, o proprietário da linha telefônica teve roteador e outros equipamentos apreendidos sob acusação de estar prestando serviços de provedor de acesso à internet sem autorização da Anatel.

Paulo Gustavo Sepúlveda, um dos advogados de defesa, criticou a ação do órgão regulador, opinando que o compartilhamento, nesse caso, não se caracteriza como prestação de serviços de provedor, uma vez que não havia o intuito comercial.

Leia a matéria completa do portal 180 Graus no link relacionado abaixo.