Tamanho da fonte: -A+A

A venda da participação da Portugal Telecom na Vivo foi apontada como grande propulsora do lucro da empresa no terceiro trimestre.

O lucro líquido da PT chegou a € 5,35 bilhões, frente a € 116,1 milhões obtidos um ano anotes.

Em julho, a Portugal Telecom concordou em vender metade da Vivo para a Telefónica, por € 7,5 bilhões, e fechou acordo para comprar uma participação de pouco mais de 20% na Oi.

Na última sexta-feira, 29, a Anatel deu carta branca para a entrada da empresa na Oi. Segundo a agência reguladora, as empresas poderão implementar a operação societária após quitarem todos os débitos  - de R$ 74 milhões, segundo a agência - referentes ao Fistel.

A aliança prevê que o grupo português terá uma participação final, direta e indireta, de pouco mais de 20% no grupo Oi, que por sua vez terá 10% do capital da sócia estrangeira.

A Portugal Telecom informou que, apesar do salto no lucro, as receitas operacionais subiram 0,3%, para € 952,2 milhões, enquanto o lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês) recuou 3,8%, para € 381,9 milhões.