Os novos recursos do iPhone 4 devem aumentar o uso do dispositivo como ferramenta para os negócios, afirma relatório da Sybase, fornecedora de software e serviços voltados ao gerenciamento, análise e disponibilidade das informações no ambiente móvel.

A pesquisa ouviu 2 mil  norte-americanos e concluiu que 56% dos usuários de iPhones pesquisados estão propensos a usar o equipamento em atividades do trabalho com mais frequência em função dos novos recursos.

Mais de um terço dos pesquisados que não possuem um iPhone atualmente, e cujos empregadores não lhes oferece um telefone celular, disseram que estão pensando em comprar um, caso os recursos para os negócios fiquem disponíveis prontamente.

Dos entrevistados que trabalham em organizações onde os empregadores lhes fornecem um dispositivo móvel, mais da metade disse que pediria às suas empresas que passassem a usar um iPhone com base nos novos recursos do iPhone 4 ou do iOS 4.

Ainda segundo o levantamento, a capacidade multitarefa entre as aplicações é o recurso mais esperado para 43% dos entrevistados.

Além disso, para 40% dos pesquisados, a videoconferência é outro recurso que pode levar a um relacionamento mais forte entre os clientes e os colegas em virtude da maior interação do relacionamento frente a frente.

Mais da metade (64%) dos proprietários de iPhones usam o equipamento para atividades relativas ao trabalho pelo menos uma vez por semana. A tarefa relativa ao trabalho mais comum para os usuários de iPhones é verificar os e-mails.