A Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan) vai propor ao governo um "Pacote Empresarial Essencial" para garantir a inclusão das pequenas e médias empresas no Plano Nacional de Banda Larga (PNBL), informa a Folha de S. Paulo nessa terça-feira, 05.

O objetivo é garantir velocidade mínima de 15 mega em 147 municípios que concentram 51% do total de indústrias do país, diz o jornal.

A proposta foi elaborada por um grupo de trabalho formado por representantes de grandes empresas, como Petrobras, L'Oréal, Coca-Cola, Michelin, Shell e Globosat, que integram a Firjan.

O presidente da entidade, Eduardo Eugênio Gouvea Vieira, entrega a proposta nessa terça ao ministro Paulo Bernardo (Comunicações).

De acordo com o jornal, uma das reivindicações é que o pacote empresarial garanta pelo menos 20% da velocidade contratada, ou seja, o dobro da garantia dada hoje pelas teles nos contratos de serviço de internet (10%).

Leia a matéria completa da Folha de S. Paulo (para assinantes) nos liks relacionados abaixo.