Tamanho da fonte: -A+A

O Grupo Educacional Kroton investiu em cabeamento estruturado para suportar a demanda de comunicação de dados, voz e imagem. Para o projeto, a instituição que mantém 24 faculdades e 726 escolas Pitágoras no Brasil e Japão, além de 16 faculdades IUNI no país, contratou a FDM Network.

O trabalho de cabeamento estruturado focou a integração das operações Kroton e IUNI, realizada recentemente prevendo sinergia anual na casa dos R$ 40 milhões, quando totalmente concluída.

Para o período de agosto a dezembro de 2010, a corporação prevê um Ebtida, não incluídas despesas recorrentes da integração, de R$ 100 milhões.

A nova infraestrutura foi implementada pela FDM em 30 dias. O projeto envolveu a adoção de um CSC (Centro de Serviços Compartilhado), com a implantação de uma rede estruturada de dados e voz dotada de 400 pontos de conexão, rede elétrica, Wi-Fi e circuito fechado de TV.

Também houve a interligação de dois andares administrativos para o novo prédio da Kroton Educacional, em São Paulo.

A FDM foi a responsável pela consultoria e desenho do projeto. Com a nova infraestrutura, a Kroton garantiu o funcionamento dos diversos padrões de comunicação de dados, voz e imagem usados em suas escolas, agregando principamente ganhos em manutenção da opearação da rede.  

“A FDM já havia prestado serviços em TI à IUNI Educacional, em diversas de suas unidades espalhadas pelo Brasil", conta Eduardo Martins Garcia, gerente de Infraestrutura de TI da Kroton. "Hoje, nossa rede trafega gigabit e todos os departamentos administrativos estão padronizados para prestação de serviços as mais de 40 unidades", destaca.

A FDM Network atua como integradora de infraestrutura de redes para mercados verticais diversos, atendendo a clientes como Universidade Anhembi Morumbi, CEF, Banco do Brasil, Magazine Luiza e Natura, entre oturos.