O Virgin Group firmou acordo com a Tribe Mobile, operadora internacional de telecomunicações móveis, para lançar um serviço de rede virtual móvel na América Latina.

Com o foco em liderar o mercado regional de MVNO, que agrega menos de 10 operadoras ativas, a parceria pretende movimentar US$ 300 milhões em investimentos nos próximos cinco anos.

A negociação será comandada por Phil Wallace, ex-executivo sênior da BellSouth, empresa de telecomunicação originária da divisão da AT&T.

“Mais do que em qualquer outra região, na América Latina a telefonia celular substituiu a fixa no uso pessoal e a região está pronta para novas opções, que podem tanto atrair novos clientes quanto focar em segmentos especiais de consumidores", comenta Wallace.

O acordo entre as duas companhias conta com o apoio dos investidores institucionais ePlanet Ventures, sediado na Califórnia, nos Estados Unidos, e Dolphin International LLC, sediado em Oman, na Arábia.

"Estamos empolgados com a oportunidade de lançar a marca Virgin na América Latina pela primeira vez. Pretendemos iniciar operação entre 12 e 15 meses", informa Richard Branson, fundador da Virgin.

O Virgin Group é uma empresa líder em investimento internacional, que expandiu com sucesso seus negócios em setores desde a telefonia móvel e mídia até transporte, viagens, serviços financeiros, hotéis, saúde e fitness, bem como tecnologias renováveis e turismo espacial.

Com mais de 400 empresas no mundo sob a marca de mesmo nome, a Virgin já empregou 50mil pessoas em 29 países e contabilizou receita global de US$18.5 bilhões, em 2010.

A Tribe Mobile, que vem registrando histórico de sucesso no mercado de MVNO, desenvolveu o Friendi Group, o maior MVNO no Oriente Médio e Norte da África.

O Friendi Group é sediado em Dubai e opera em Oman, na Jordânia e na Arábia Saudita. Recentemente, a companhia informou que planeja iniciar operação em outros países da região em 2012.