A Global Crossing passou a disponibilizar na América Latina os serviços de transmissão e de mídia oferecidos pela sua unidade Global Crossing Genesis Solutions.

Os países incluídos são Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, Equador, Panamá, Peru, México, Venezuela e região do Caribe.

Os serviços suportam  programação de vídeo padrão como de alta definição. O Brasil, organizador da Copa 2014 e dos Jogos Olímpicos 2016, deve ser um dos principais compradores.

De acordo com a Dataxis, uma empresa de pesquisa líder global de mercado focada nas indústrias de televisão a cabo e satélite, o número de assinantes de televisão de alta definição na América Latina cresceu de 215 mil em 2009 para mais de 3 milhões em 2010, uma impressionante taxa de crescimento de 1.327%.

A Global Crossing Genesis Solutions é resultado da compra da  provedora de serviços de vídeo Genesis Networks no final de 2010.

Conforme pesquisa da Infonetics Research, a receita mundial para serviços de vídeo, incluindo IPTV, vídeo a cabo e vídeo por satélite superará US$ 250 bilhões em 2014.

E, de acordo com o índice de Redes Visuais, da Cisco, vídeos de Internet em 3D e HD somarão 46% do tráfego de vídeos na web de consumo até 2014.