Furukawa: R$ 500 mi e produção no Brasil

10/01/2012 14:01

A Furukawa projeta encerrar seu último ano fiscal, cujo balanço será concluído em março de 2012, com faturamento de R$ 500 milhões no Brasil, crescimento de 15% sobre o ano anterior.

Conforme Helio Durigan, diretor de Marketing e Engenharia da fabricante dos segmentos de cabeamento estruturado e óptico, a meta é investir mais no país, onde a companhia tem sede e centro de desenvolvimento em Curitiba, fomentando o crescimento por meio da fabricação local.

Tamanho da fonte: -A+A

A Furukawa projeta encerrar seu último ano fiscal, cujo balanço será concluído em março de 2012, com faturamento de R$ 500 milhões no Brasil, crescimento de 15% sobre o ano anterior.

Conforme Helio Durigan, diretor de Marketing e Engenharia da fabricante dos segmentos de cabeamento estruturado e óptico, a meta é investir mais no país, onde a companhia tem sede e centro de desenvolvimento em Curitiba, fomentando o crescimento por meio da fabricação local.

“Vamos ativar a produção de cabos OPGW, que em 2012 passam a ser fabricados pela Furukawa no Brasil”, explica o executivo. "Até agora trazíamos este produto da matriz do Japão, sob demanda, mas percebemos que já é hora de ativar a produção nacional", completa.

Os OPGW são cabos de dados aéreos, que são incorporados nas linhas de transmissão de energia elétrica existentes.

Conforme Durigan, no Brasil o setor de energia é um dos focos de expansão da Furukawa, que também pretende ampliar suas linhas de produtos para telecomunicações e redes de dados no país.
 
O diretor também ressalta que a companhia se prepara para atender ao mercado de Smart Grid nacional.

"Vamos incorporar tecnologias de sensoriamento, monitoramento, com as TICs melhorando o desempenho das redes elétricas a fim de identifica antecipadamente suas falhas e garantir capacidade de auto-ajuste de performance”, afirma ele. “Isso certamente é um desafio nacional para os próximos anos. Estamos apostando nisso”, comenta.

Além disso, a fabricante também irá lançar em 2012 novos retransmissores para TV digital para atender a demanda dos pequenos municípios em todo o país, garante Durigan.

Brasil no foco

A mira no Brasil, onde está presente há 37 anos, não é novidade na Furukawa: em maio do ano passado,  a empresa anunciou um plano de investimentos de R$ 25 milhões no país.

A estratégia incluiu a construção de um novo CD em Curitiba e otimização da logística de entrega de soluções de conectividade e cabeamento estruturado, especialmente para as regiões Sul e Sudeste.

O novo CD da capital paranaense tem 3,6 mil metros quadrados de área útil e é o maior de seu gênero destinado especificamente à área de conectividade e cabeamento estruturado no Brasil, segundo divulgado pela Furukawa.

A planta é dividida em armazenagem, recebimento, customização, movimentação e expedição, com capacidade para 4,8 mil portas-paletes e quatro docas ativas.

Além do centro curitibano, a companhia mantém outro CD no Brasil, em Recife, e uma fábrica em São Paulo.

Outros dois CDs da corporação de origem japonesa ficam no Panamá e na Argentina, onde há também outra unidade fabril.

Veja também

Furukawa inaugura novo CD em Curitiba

A Furukawa acaba de abrir um Centro de Distribuição em Curitiba, sua cidade-sede no país.

A obra, que integra os R$ 25 milhões que a companhia anunciou em maio passado para investimentos no mercado nacional, vai otimizar a logística de entrega de soluções de conectividade e cabeamento estruturado para todo o país, especialmente às regiões Sul e Sudeste.

Furukawa certifica UOLDiveo em TI verde

A UOLDiveo foi certificada pela Furukawa no Programa Green IT.

Focado no descarte é tratamento correto de resíduos, o programa visa a gerar economia nas cadeias de primárias de produção de equipamentos de TI através de medidas como a reciclagem.

Segundo Roberto Kihara, gerente comercial da Furukawa, em seis meses, a UOLDiveo reduziu em 500 toneladas a extração de minério de cobre, além de diminuir em 50.391 kWh o consumo de energia.

T-Systems: Furukawa em Tamboré

A T-Systems optou pela Furukawa como provedor de infraestrutura de redes para seu novo data center no Brasil.

Localizada em Tamboré, em São Paulo, o local está em fase de expansão em um projeto que só na primeira fase vai consumir investimento em torno de R$ 50 milhões.

O complexo será integrado, até 2013, com outros três centros de processamento de dados da companhia - dois localizados em São Bernardo do Campo e um na capital paulista.

Eaton e Furukawa fecham parceria

A Eaton, especializada no mercado brasileiro de no-breaks de grande porte, e a Furukawa, japonesa especializada em cabos e soluções para redes de comunicações e data center, acabam de fechar parceria.

Com o acordo, a Eaton ingressa no mercado de aplicações de pequeno e médio porte, enquanto a Furukawa - que tem fábrica em Curitiba - amplia sua atuação no mercado de grandes data centers. Encontros mensais promovem essa integração entre parceiros e usuários finais dos dois fabricantes.

Furukawa vende R$ 1 mi via BNDES

A Furukawa atingiu em maio a marca de R$ 1 milhão em volume de operações com linha de crédito pré-aprovada pelo BNDES.

 Os 16 distribuidores autorizados da fabricante de soluções de infraestrutura de redes de comunicação já estão liberados para vender as soluções e produtos da marca diretamente aos clientes portadores do cartão BNDES.

Furukawa cresce 6x em data centers no BR

A fabricante de fibras ópticas e cabeamento estruturado para redes de comunicação Furukawa cresceu em seis vezes sua atuação em data centers no Brasil entre 2008 e 2010.

O segmento de data center representa hoje 30% de participação.

Segundo a empresa, o salto é considerado significativo pelos diretores. Em 2008 a Furukawa tinha 5% desse mercado.

Os dados foram apresentados em reunião da emrpesa realizada desde o domingo com agentes de negócios do Brasil.