Tamanho da fonte: -A+A

Quinta maior operadora de TV por assinatura – segundo dados da Anatel – a Oi quer atrair clientes com maior poder aquisitivo para ganhar mais mercado. No primeiro trimestre de 2011, a empresa tinha 311 mil clientes, chegando a 3% do mercado brasileiro.

“Começamos com a classe C, mas agora queremos atender todos os segmentos”, afirmou o diretor-geral da OiTV, Ariel Dascal, segundo o site do jornal Valor Econômico.

Dois novos planos entrarão no portfólio da empresa, com ofertas mais sofisticadas.

Atualmente, a empresa oferece em seu site, três pacotes – um de R$ 39,90, com 43 canais, outro por R$ 49,90, com 49 canais, e um terceiro, custando R$ 59,90 por mês e oferecendo 71 canais, sendo que os dois últimos incluem os canais da rede telecine.

Uma das novidades serão pacotes em HD.

Combo a caminho?
Dascal ao site do valor que um dos objetivos da Oi é “melhorar a integração” entre os serviços de banda larga e TV – melhorando a combinação entre a velocidade dos planos de internet e os canais de vídeo oferecidos.

O Valor observa, no entanto, que as mudanças andam “meio juntas” com as novas regras que estão à espera de aprovação no setor: o regulamento da TV a cabo, que será publicado pela Anatel, e o projeto de lei 116, que pode ser votado hoje pelo Senado.

Com as alterações no marco regulatório, a Oi poderá obter novas licenças para explorar a rede de TV a cabo, tecnologia que permite maior interatividade no serviço porque é bidirecional.