TV paga: renovar outorga custa R$ 9 mil

11/02/2011 09:42

A Anatel definiu o novo valor para renovação de outorga do serviço de TV a cabo: R$ 9 mil.

A definição foi publicada no Diário Oficial da União (DOU) na quinta-feira, 10.

Tamanho da fonte: -A+A

A Anatel definiu o novo valor para renovação de outorga do serviço de TV a cabo: R$ 9 mil.

A definição foi publicada no Diário Oficial da União (DOU) na quinta-feira, 10.

O valor será composto pelo custo administrativo, nos moldes adotados nas autorizações de Serviço Telefônico Fixo Comutado (STFC) e de Serviço de Comunicação Multimídia (SCM), acrescido de condicionamentos das disposições do artigo 36 da Lei nº 8.977/95 e do artigo 87 do Regulamento do Serviço de TV a Cabo.

Ainda este ano devem ser publicadas as consultas referentes a 66 outorgas que vencem no final de 2011, informa o IDG Now!.

O processo de renovação inclui a realização de consulta pública, a ser realizada pela agência reguladora junto a todas as empresas que pedirem a renovação da outorga.

Pagar e mostrar
Mas não basta pagar: no final de janeiro, a Anatel anunciou que só vai liberar renovações de outorgas para as fornecedoras de TV a cabo que aumentarem sua cobertura no país e investirem na modernização tecnológica das infraestruturas.

A exigência será aplicada também para novas entrantes no segmento.

De acordo com o conselheiro da Anatel Jarbas Valente, a meta é obrigar a expansão do serviço de TV a cabo no país, sem que isso gere aumento de preços para o consumidor final.

As empresas que renovarem sua autorização para prestação do serviço em 2011 terão direito a explorar a permissão por mais 15 anos.

Até março deste ano, conforme projeção da Anatel, devem ser publicadas as consultas referentes a 66 outorgas que vencem no final de 2011, sendo 57 delas da NET.
 

Veja também

Anatel: TV paga só renova se expandir

A Anatel anunciou que só vai liberar renovações de outorgas para prestação de serviço de TV a cabo às fornecedoras do serviço que aumentarem sua cobertura no país e investirem na modernização tecnológica das infraestruturas.

Base da TV paga cresce 30,7% em 2010

A base de clientes de TV por assinatura no Brasil teve crescimento de 30,7% em 2010 no Brasil, totalizando 9,77 milhões de domicílios.

Os números são da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel).

Embratel compra NET, mas Globo controla

A Embratel ampliou sua participação na NET, com uma compra que lhe rendeu 91% da companhia de TV a cabo.

Apesar da aquisição de novos 21,8% das ações ordinárias da NET, a Organizações Globo segue no controle da empresa, devido a uma restrição legal.

As ações compradas pela Embratel são as que restaram da oferta pública de aquisição (OPA) realizada na Bovespa em outubro de 2010.

Netgear entra no mercado brasileiro de teles

A Netgear, fornecedora de soluções de conectividade, anuncia sua entrada no mercado brasileiro de operadoras de telecomunicações.

Com aproximadamente um terço do valor global do faturamento da companhia obtido neste mercado, a Netgear já anuncia pipeline de contratos no novo segmento com previsão de fechamento para o próximo semestre.

O objetivo é que, gradualmente, a empresa traga para o Brasil seu portfólio de mais de 150 produtos para operadoras.

ABTA: plano da TV a cabo não é eficaz

O plano da Anatel para concessão ilimitada de licenças para operação de TV a cabo no país, aprovado em novembro, não vai gerar uma expansão significativa do serviço no país.

A conclusão é do estudo Análise das Condições de Entrada no Mercado Brasileiro de TV a Cabo, Associação Brasileira de Televisão por Assinatura (ABTA).

O relatório foi apresentado nessa quinta-feira, 02.

TV a cabo deve dobrar base em três anos

A Agência Nacional das Telecomunicações (Anatel) estima que o número de assinantes de TV a cabo no Brasil pode dobrar entre 2011 e 2013 por conta do fim do limite de licenças do serviço em cada município.

Segundo a Anatel, o país tinha, em outubro, 4,8 milhões de assinantes de TV a cabo, 52% do mercado total de 9,4 milhões de clientes em TV por assinatura.

Lucro da Net encolhe no 3,5% no 4T10

A Net Serviços de Comunicação obteve lucro líquido de R$ 133 milhões no quarto trimestre de 2010, inferior em 3,5% aos R$ 137,9 milhões somados um ano antes.

A empresa verificou ainda lucro antes de juros, impostos, depreciações e amortizações (Ebitda) de R$ 446,2 milhões, superior aos R$ 347,8 milhões verificados no trimestre final de 2010.

TV a cabo em troca de inclusão digital

A Anatel quer trocar os valores pagos por empresas pelas concessões de TV a cabo por investimentos em infraestrutura de internet banda larga nas regiões periféricas das cidades onde será oferecido o serviço.

“Trata-se de um processo bastante eficiente de inclusão digital”, afirmou ao IDG Now!  Aran Minassian, superintendente de comunicação de massa da Anatel.

Mercado de TV paga cresceu 18,4% em 2010

Um balanço divulgado pela Anatel nesta sexta-feira, 24, mostra que o mercado de TV por assinatura cresceu 18,4% no Brasil em 2010.

Segundo a agência, o Brasil chegou a 8,85 milhões de domicílios com TV paga nos oito primeiros meses deste ano.

GVT: TV paga em junho de 2011
A GVT lançará sua oferta de televisão por assinatura até junho de 2011.
 
Segundo informações da Computerworld, o serviço será entregue por meio de uma solução híbrida que capta o sinal por satélite e entrega pela internet, por IPTV.