Ezequias Sena, presidente da empresa de tecnologia e negócios

A Online Brasil está destinando R$ 50 milhões na construção de um Data Center para atender clientes de médio e grande porte.

O projeto da empresa, que teve faturamento de R$ 9 milhões no ano passado, é possível graças a um investidor cujo nome não é revelado pela empresa.

Com início da operações previsto para o ano que vem, o projeto ocupará uma área de 2 mil metros quadrados no bairro do Tatuapé, zona leste de São Paulo, podendo dobrar de tamanho para atender à demanda.

Além da Online, T-Systems, Ativas e Alog são outras empresas que estão em fase de construção de data centers Tier III no Brasil.

De acordo com Ezequias Sena, presidente da empresa de tecnologia e negócios, o terceiro e maior Data Center da empresa contará com infraestrutura de ponta, tecnologia verde e certificação Tier III.

“A classificação Tier III, do Uptime Institute, representa alto grau de confiabilidade, disponibilidade e segurança aos clientes, dentro de parâmetros viáveis de investimento”, relembra o executivo.

Outros sites
A Online Brasil já conta com dois outros sites. Um hospedado na Intelig e outro na sede da empresa – que opera como back up.

“Hoje, 270 servidores atendem cerca de 100 mil usuários. O objetivo é dobrar esses números em questão de meses”, afirma o executivo.

A empresa também tem planos de entrar no mercado de computação em nuvem, a partir de uma parceria firmada com a indiana NetCore. Serviços de antivírus e antispam devem integrar o portfólio.

A Online Brasil encerrou 2010 com aumento de 79% nas vendas de serviços e de 67% no número de contratos. O faturamento da empresa fechou na casa dos R$ 9 milhões e há projeção de crescimento de 200% nos próximos três anos.