Tamanho da fonte: -A+A

A empresa de cargas Maersk Line contratou a Ericsson para fazer a integração completa de comunicação móvel e por satélite da sua frota de navios contêiner, com mais de 500 embarcações.

Não foram divulgados os valores do projeto.

Nos próximos dois anos, a Maersk Line irá equipar 400 destes navios com antenas e estações rádio-base da Ericsson, e em seguida serão feitas atualizações nos navios remanescentes.

Como parte do acordo, a Ericsson oferecerá sete anos de suporte e serviços de monitoramento e manutenção da rede num formato 24/7 em um grande número de portos pelo mundo.

“O resultado será processos automatizados e simplificados, maior produtividade e informação em tempo real que permitirão a tomada de decisão e resolução de problemas de forma mais rápida e bem-informada”, disse Hans Vestberg, presidente e CEO da Ericsson.

Até agora, os modernos navios contêiner da Maersk Line estavam equipados com conectividade por satélite, com o principal objetivo de permitir a comunicação para as funções vitais a bordo.

A Maersk tem subsidiárias e escritórios em mais de 135 países, totalizando 108 mil empregados. Em 2010, último dado disponível, a empresa teve ganhos de US$ 53,7 bilhões.

A unidade Line é considerada hoje a maior empresa do ramo no mundo.