A Oracle abriu um processo contra o Google na Califórnia nesta quinta-feira, 12, alegando infração de patente e de direitos autorais do Java no desenvolvimento Android.

Analistas ouvidos pela Reuters consideram que a ação contra o Google pode sinalizar que a Oracle pretende ser mais agressiva na busca de licenciamento do Java, tecnologia usada em diversos produtos de Internet.

A Oracle adquiriru a tecnologia Java ao comprar a Sun Microsystems, por US$ 5,6 bilhões, no início deste ano.

O presidente-executivo da Oracle, Larry Ellison, disse considerar o Java um ativo fundamental, ressaltando sua utilização em uma variedade de equipamentos eletrônicos, de computadores a aparelhos de DVD.

Fontes ouvidas pela agência de notícias, dizem que o sistema Android utiliza partes da tecnologia Java. Cerca de 200 mil smartphones e outros equipamentos baseados no Android são vendidos diariamente.