Tamanho da fonte: -A+A

A Tivit encerrou o segundo trimestre de 2010 com receita líquida de R$ 254,5 milhões, 13,8% superior ao mesmo período do ano passado. Já o lucro líquido da companhia atingiu R$ 19,6 milhões, representando crescimento de 127,9%, comparado a 2009.
 
No trimestre, o Ebtida da empresa foi de R$ 46,7 milhões, expansão de 25,2%, na comparação com o 2T09 e margem de 18,3%, aumento de 1,6 pontos percentuais ano/ano.
 
Focada em serviços integrados de TI e BPO, a empresa conquistou R$ 454,1 milhões em valor estimado de novos contratos de outsourcing nos últimos 12 meses. Além disso, renovou outros R$ 205,1 milhões no mesmo período, totalizando um volume de R$ 659,1 milhões. O pipeline comercial é de R$ 3,83 bilhões.
 
Em relação a investimentos, a Tivit passou de R$ 12,6 milhões no 2T09 para R$ 31 milhões no 2T10, crescimento de 146%. Já o fluxo de caixa gerado pelas atividades operacionais cresceu de R$ 41,1 milhões no segundo trimestre do ano passado para R$ 42,1 milhões no mesmo período deste ano.

Novidade em data center
No último trimestre, a companhia também lançou o Projeto Next Generation, que contará com a migração de todos os servidores da torre de BPO para os dois data centers classe 5 da empresa, em São Paulo e no Rio de Janeiro.

Além disso, a Tivit concluiu o processo de aquisição da Expertise, especializada em mapeamento e otimização de processos, desenvolvimento de sistemas e suporte ao desenvolvimento.

A operação complementa, assim, o atual portfólio da área de negócios de sistemas aplicativos da Tivit, com oferta de serviços de consultoria.