TIM começa a vender iPhone 3GS por menos de R$ 1.000

A operadora TIM começa a oferecer, a partir dessa segunda-feira, 16, o modelo 3GS do iPhone por menos de R$ 1.000. Segundo a assessoria da empresa, a promoção é válida para todo o Brasil.

O preço do modelo, desbloqueado e sem contrato de fidelidade, é R$ 999.

Com a redução de preço – de R$ 500 – a operadora espera atrair os clientes do pré-pago. Além da redução, o modelo pode ser parcelado em até 12 vezes – o iPhone 4, último lançado pela Apple, pode ser parcelado em 10 vezes, segundo o site da empresa (compare algumas especificações na imagem abaixo, e nos links relacionados).

A estratégia de cortar R$ 500 do preço do iPhone 3GS surgiu após uma pesquisa feita pela operadora em todo o país.

A conclusão foi que apenas os usuários das classes A ou B, que já tinham iPhone, importavam-se realmente com a versão do aparelho.

“Para a maioria dos usuários da classe C, não fazia tanta diferença”, diz Roger Solé, diretor de marketing da TIM.

Embora não revele quantas unidades há disponíveis, Solé destacou que o número de iPhones à venda está “bem acima de 10 mil unidades”.

Consumidores que optarem pelo plano pós-pago TIM Liberty, por exemplo – que oferece chamadas ilimitadas locais e DDD (com uso do código 41) para outros números TIM – pagarão R$ R$ 123 mensais por um ano, valor que já contempla a franquia do plano (R$ 39) e a parcela do iPhone 3GS 8GB (R$ 84).

Além disso, poderão navegar à vontade com o Liberty Web Smart, que permite acesso ilimitado à Internet no celular por R$ 29,90, pagos somente no mês em que houver acesso à web.

Já no pré-pago, além da opção à vista ou em até três vezes sem juros, o modelo poderá ser parcelado em 12 vezes de R$ 99.

Segundo a Gartner, em 2010, os smartphones responderam por 5 milhões dos quase 58 milhões de celulares vendidos. De acoardo a Nielsen Brasil, apenas 11% dos usuários de celulares da classe C e 4% da classe D têm esses aparelhos.

Hoje a TIM tem 1,3 milhão de usuários únicos por dia do plano Infinity Pré – de uma base de mais de 8,3 milhões de pessoas.

Com a popularização do iPhone, a tendência é que aumente o consumo de dados. Para aguentar a demanda, a operadora está ajustando sua infraestrutura e também trabalhando com a rede da Intelig, adquirida em 2009.

Um novo modelo do iPhone deve ser vendido a partir de setembro, segundo informações publicadas pela agência Reuters, com base em fontes ligadas à Apple, não identificadas.

Segundo a agência, três pessoas com conhecimento direto sobre a cadeia de suprimentos da empresa relatam que o novo modelo contará com um processador mais rápido, e terá a produção iniciada em julho ou agosto desse ano.



Leia a matéria da Folha de S. Paulo (para assinantes) nos links relacionados abaixo.