A TÜV Rheinland do Brasil, subsidiária do grupo alemão especializado em certificação e inspeção, acaba de certificar o projeto nível TR 3 do Data Center da Sonda Procwork, localizado em Santana da Parnaíba.

É a segunda certificação do gênero emitida na América Latina pela TÜV Rheinland. A primeira foi realizada em outubro passado na Ativas, data center do Grupo Asamar e CemigTelecom construído em Belo Horizonte.

A titulação da TÜV Rheinland foi a segunda internacional recebido pelo data center, primeiro da América do Sul a possuir a classificação Tier III, concedida pelo Uptime Institute.

Já na Sonda, a certificação foi aplicada a um data center no qual a companhia já investiu R$ 14 milhões, o que engloba uma estrutura física de 1,5 mil metros quadrados, capaz de abrigar 98 racks e cerca de 1,5 mil servidores.

Conforme o diretor de TI da empresa, Marcelo Perego, a certificação da TÜV foi adotada para ampliar o nível de segurança do data center, que entra em operação em março de 2011.

“Com o certificado conseguimos ter um nível maior de garantias quanto à qualidade e à segurança. Isso representa um diferencial competitivo importante”, observa Perego.

O processo de certificação da TÜV Rheinland para centros de dados classifica e certifica os ambientes de acordo com as normas TIA 942, ISO/IEC 27002 e outras brasileiras e internacionais.

O objetivo é gerar o máximo de disponibilidade, segurança e eficiência para estas infraestruturas, compostas por áreas de apoio para suportar e manter a integridade das informações e dos equipamentos de TI.

“A certificação da TÜV, na fase de projeto, construção e operação, garante que o data center atenda à disponibilidade e segurança desejadas, fatores fundamentais para o investidor e para o cliente”, afirma o gerente de Certificações do grupo alemão no Brasil, Arnaldo Barbulio Filho.