Rogério Santanna

A Vivo foi a única operadora a demonstrar interesse pelas redes que a Telebrás assumirá e implantará ao longo do Plano Nacional de Banda Larga (PNBL), que até 2014 deverá levar banda larga a todas as capitais brasileiras, entre outras diversas localidades, totalizando 30.803 quilômetros de backbone.

Foi o que declarou o presidente da Telebrás, Rogério Santanna. Segundo ele, o presidente da Vivo, Roberto Lima, lhe telefonou manifestando interesse pelas redes do Norte do país, região em que a operadora não dispõe de infraestrutura de serviços, informa o Valor Online.

Da parte das demais grandes operadoras do país, até agora, nenhum contato. Conforme Santanna, as teles reclamam do temor de uma possível interferência prejudicial da Telebrás em seu mercado, alegando que a atuação da estatal poderia gerar uma concorrência difícil de bater.

Para Santanna, entretanto, este discurso é puro medo das operadoras de perderem seus clientes devido a uma atual falha na prestação dos serviços, que dá às teles e provedores o primeiro lugar no ranking de reclamações do Procon.

O assunto foi matéria no Baguete, que pode ser conferido pelo link abaixo.