Tim Cook já deu sua alfinetada na concorrência com o Android

Mal chegou à dianteira das operações diárias da Apple, Tim Cook já deu sua alfinetada na concorrência.

No lugar de Steve Jobs desde o pedido de licença médica solicitado pelo CEO da empresa na última segunda-feira, 17, Cook declarou que os tablets com o sistema operacional Android, do Google, são “bizarros”. A informação é do blog TechCrunch.

A declaração teria escapado numa reunião para funcionários da Apple.

Segundo Cook, a competição dos tablets se divide em dois eixos: os baseados em Windows, que são “grandes, pesados e caros”, além de terem “fraca vida útil de bateria”, e os baseados em Android, que são “smartphones melhorados” – daí a bizarrice.

Na reunião, relata o TechCrunch, ele também afirmou que uma das grandes vantagens dos usuários de dispositivos da Apple é o iTunes Store, devido ao grande número de apps.

Com o afastamento de Jobs, Cook ficará à frente das atividades do dia a dia da empresa, que vendeu 7,3 milhões de unidades do tablet iPad, lançado no início do ano, somente no último trimestre, com crescimento de 75% sobre os três meses anteriores.

O Android é visto como o grande rival do iPad, sendo embarcado em dois dos principais concorrentes: o Galaxy TAB, da Samsung, e o Xoom, da Motorola.