A Embratel ampliou sua participação na NET, com uma compra que lhe rendeu 91% da companhia de TV a cabo.

Apesar da aquisição de novos 21,8% das ações ordinárias da NET, a Organizações Globo segue no controle da empresa, devido a uma restrição legal.

As ações compradas pela Embratel são as que restaram da oferta pública de aquisição (OPA) realizada na Bovespa em outubro de 2010.

A Embratel pertence ao mexicano Carlos Slim, também proprietário da Claro, que já manifestou a intenção de unificar seus ativos de telefonia na América Latina, colocando todos os serviços (fixa, móvel, internet, banda larga e TV por assinatura) sob a mesma companhia, informa o MM Online.