Dados do IDC indicam que as vendas de smartphones na América Latina devem alcançar 34 milhões de unidades, registrando crescimento de 83% na comparação com o ano passado.

O número projetado representa um recorde para o setor.

Segundo a consultoria, somente no primeiro trimestre deste ano, foram comercializados seis milhões de smartphones na América Latina, número 66% superior ante igual período de 2010.

Tal volume respondeu por 15% dos aparelhos celulares vendidos no período. Entre janeiro e março as vendas de celulares totalizaram 40 milhões de unidades, alta de 28% na comparação anual.

Brasil, México, Venezuela e Argentina serão os principais impulsionadores dessa expansão.

Em 2014, a consultoria estima que serão comercializados 100 milhões smartphones, desempenho que, se confirmado, representará aumento de praticamente três vezes em relação a este ano.