O CPqD fechou contrato com a operadora de telecomunicações Antel, do Uruguai, para fornecer o Sistema de Gestão de Inventário de Planta Externa à operadora.

A parceria, diz a empresa, é estratégica para a Antel, que vem investindo fortemente em sua rede para levar o acesso por fibra óptica até a casa ou escritório dos usuários.

Em 2010, a operadora detinha uma participação de 95,5% no mercado uruguaio de banda larga, sendo uma das maiores players locais. Na telefonia móvel eram 44%. Na fixa, a participação foi de 73% no tráfego de saída e 55% no de entrada.

Com o sistema do CPqD, a Antel terá uma ferramenta de gestão do inventário de toda a sua rede externa - o que inclui a rede FTTH.

O contrato com a Antel foi firmado pelo consórcio constituído pelo CPqD e a empresa uruguaia Cad IT.

Além da implantação do sistema, o CPqD também fará a conversão dos dados, o treinamento do pessoal de operação e o suporte técnico e manutenção. Já a Cad IT, parceira do CPqD no Uruguai, dará apoio local à implantação.

O mesmo sistema que será implementado no Uruguai já está implantado em operadoras de telecomunicações de países como a Colômbia, Chile, México e Estados Unidos.