A Nokia Siemens anuncia que vai priorizar investimentos de pesquisa em banda larga em tecnologias DSL e de acesso óptico de próxima geração (NGOA), já que a companhia detectou, conforme informou à imprensa, uma “enorme demanda por banda” que “está impulsionando redes fixas de alta velocidade”, o que poderá fazer com que o tráfego de dados “cresça 100 vezes até 2015”.

Conforme o chefe de operações de Mercado da Nokia, Christoph Caselitz,a idéia é aproximar cada vez mais a banda larga sobre fibra do segmento doméstico. 

Apesar das novas diretrizes, a Nokia também afirma que continuará investindo, embora com menor prioridade, nas atuais redes Gigabit Passive Optical, já que a chegada massiva da fibra ao mercado residencial não deve acontecer no curto prazo, especialmente devido a incertezas regulatórias e modelos de negócios das operadoras.