A Telebras assinou, nessa quinta-feira, 21, um acordo de cooperação técnica com a CEEE para a instalação do primeiro ponto de presença da estatal no Rio Grande do Sul, dentro do Programa Nacional de Banda Larga (PNBL)

Segundo o Jornal do Comércio, a meta é chegar com a infraestrutura para que parceiros locais possam ofertar internet de 1 Mbps de velocidade a no máximo R$ 35/mês.

Até dezembro, a internet banda larga estará disponível nos municípios da Região Metropolitana e, em dois anos, em praticamente todo o Rio Grande do Sul, reporta o jornal.

Conforme o presidente da Telebras, Caio Bonilha, o primeiro compromisso é viabilizar a rota entre Porto Alegre - Pelotas - Rio Grande, para atender ao Polo Naval.

“Fornecer infraestrutura de internet para atender ao porto de Rio Grande é uma prioridade em função do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), mas feito isso vamos expandir”, assegurou ao jornal.

A ideia é atender a cerca de 90% do estado, através do compartilhamento da infraestrutura para prover internet de alta velocidade. Parte da rede é da Telebras, no Extremo Norte do Estado e em um trecho próximo a Uruguaiana; e parte da CEEE, no Centro-Sul.

Com a assinatura do termo de compromisso, começará o trabalho operacional, que prevê o planejamento de integração da rede, diz o Jornal do Comércio.

Um levantamento das estruturas que a concessionária de energia possui, incluindo torres e redes de fibra ótica, já foi feito. Com isso, será possível calcular o valor de investimentos por parte da estatal gaúcha.

Sem a parceria, a estimativa é que a CEEE teria que investir R$ 250 milhões, informa o jornal.