A MasterCard e a Telefônica anunciaram uma joint venture para oferecer soluções financeiras móveis aos 65 milhões de clientes da Vivo no Brasil.

A iniciativa inclui a criação de uma carteira móvel que pode ser usada pelo cliente para realizar pagamentos através do celular e transferir recursos, pagar contas e fazer compras on-line.

O permitirá transações entre clientes bancarizados e não-bancarizados.

Segundo a empresa, a ideia é impulsionar a aceitação de pagamentos móveis em locais que tradicionalmente aceitam apenas dinheiro, como táxis, entregas e vendas porta a porta.

O nova empresa será independente e cada sócio terá 50% das ações. A joint venture será apresentada às autoridades competentes para aprovação.

Empresa global de pagamentos e tecnologia, a MasterCard atua em mais de 210 países e territórios.

Já o Grupo Telefônica tem no Brasil sua maior operação em número de clientes (80 milhões) e empregados diretos (mais de 100 mil). Em receitas, o Brasil é o segundo país, atrás apenas da Espanha.

Estimativas do instituto Gartner indicam que o número mundial de usuários de pagamentos móveis vai superar a marca de 141 milhões em 2011, com alta de 38,2% sobre o ano passado.

O segmento deverá movimentar US$ 86,1 bilhões nesse ano, crescimento de 75,9%.

Apesar das projeções de avanço, o Gartner avalia que o crescimento dos pagamentos móveis está mais lento do que o esperado, especialmente nos mercados em desenvolvimento.

Espera-se que os pagamentos móveis movimentem US$ 600 bilhões globalmente em 2013.