José Valter Távora de Castro Jr

Tamanho da fonte: -A+A

O Sul do Brasil foi um dos aceleradores do crescimento de 40% obtido em 2010 pela TDec Network Group, empresa paulista focada em  projetos e integração de redes IP.

Conforme o presidente da companhia, José Valter Távora de Castro Jr, os negócios se expandiram 20% no Sul, que agora tem 24% de participação na receita gerada pelo mercado brasileiro para a organização, que também exporta para mercados como Argentina, Peru e Colômbia.

E para 2011, o foco na região não para: a meta é elevar em mais 22% os negócios no Sul, que no faturamento nacional da companhia fica atrás apenas do Sudeste, cuja fatia atual é de 41%.

“No Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná tivemos um trabalho mais ativo durante todo ano. Investimos na filial de Porto Alegre e conseguimos consolidar a marca como uma parceira de tecnologia, além de empresa que entrega projetos ponta a ponta”, comemora Castro Jr.

Segundo o executivo, no Brasil e demais países latino-americanos os negócios da companhia estão aquecidos principalmente nas áreas de educação, saúde, indústria, além dos ambientes corporativos.

“Isso tudo nos levou a um aumento de 40% na receita total em 2010, em relação a 2009”, destaca o presidente.

Segundo ele, a aceleração nos negócios em 2010 se deu muito em função de projetos que estavam congelados em função da crise financeira mundial, nos anos anteriores, mas saíram da gaveta.

“Com isso, crescemos acima do esperado”, comemora Castro Jr. “O melhor é que o ritmo se mantém acelerado e, em 2011, já estamos com novos projetos em andamento em vários setores e regiões”, completa.

No Brasil, além das regiões já citadas, a TDec atua também no Centro-Oeste, que tem 15% de participação nos negócios. O Nordeste fica com o mesmo percentual, e, o Norte, com 5%.

Dentro e fora
Para crescer em 2011, a companhia aposta também na exportação, especialmente de serviços de outsourcing de redes.

“Em decorrência do fechamento de novos negócios nos setores siderúrgico e automotivo nos mercados da Argentina, Colômbia, México e Peru, a fatia das exportações atingiu 20% de nosso faturamento total em 2010, quase que o dobro de 2009”, afirma Castro Jr.

Para ele, este ano deverá ser de expansão ainda maior, com base em dois fatores.

“Os mercados latino-americanos estão mais maduros e abertos às novas tecnologias de comunicação unificada, que são puxadas por setores estratégicos da economia. Além disso, o momento é particularmente interessante para o Brasil, que tem mais experiência em termos tecnológicos e está mais avançado”, analisa o presidente.

Para ele, o país tem “dominando o crescimento potencial da América Latina" no setor.

A TDec Network Group atua como integradora de projetos IP e provedora de soluções para infraestrutura tecnológica de redes.

Além da matriz em São Paulo e da filial porto-alegrense, a companhia também tem uma subsidiária em Miami, de onde coordena o projeto de internacionalização e presença nas Américas.

A equipe da empresa é formada por 120 colaboradores diretos e indiretos. Já a carteira de parceiros conta com nomes como Avaya, Axis, Extreme Networks, F5, HP, Polycom e Riverbed, entre outros.