Os consumidores brasileiros são os que mais leem jornais em tablets e smartphones, aponta estudo divulgado pela norte-americana comScore.

Segundo a pesquisa, o número de brasileiros que acessam conteúdo jornalístico nesses dispositivos portáteis é duas vezes maior do que os leitores de notícias em outros terminais, como computadores desktop ou notebooks.

Além disso, o estudo aponta para a predominância dos produtos da Apple nesse segmento.

Desconsiderados os computadores convencionais (laptops e desktopes), o iPad lidera o tráfego da internet no Brasil, com 31,8%, seguido pelo iPhone, com 21%.

Apesar das fatias, menos de 1% do tráfego de dados no Brasil é feito em aparelhos que não são PCs.

O estudo também reforça a popularidade do iPad – é o tablet mais usado, contribuindo com mais de 89% do tráfego de dados neste tipo de device nos 13 mercados avaliados pela comScore.

No Brasil, segundo dados da IDC a venda de tablets deve triplicar nesse ano, chegando a 300 mil unidades comercializadas.

A Foxconn deve começar a fabricar os primeiros modelos em território nacional em setembro, reduzindo o preço dos aparelhos em cerca de 30% em função de benefícios fiscais concedidos pelo governo.

Logo após o Brasil, se destacam na leitura de notícias via dispositivos móveis (exceto computadores) o Chile, Reino Unido, Espanha, França, Japão, Singapura, Canadá, Argentina e Alemanha.