O Tribunal Superior de Trabalho (TST) reduziu a a jornada de trabalho dos operadores de telemarketing de oito horas para seis horas diárias.

A mudança ocorreu porque o TST resolveu aplicar, em sua decisão, as mesmas regras adotadas para estabelecer a carga horária da telefonista para os operadores de telemarketing.

O mercado brasileiro de serviços de call center, diretamente afetado pela medida, cresceu 16,7% em 2009, movimentando R$ 7,8 bilhões, segundo números do IDC divulgados em junho de 2010.

O mesmo levantamento aponta que o o número de PAs (Posições de Atendimento) próprias instaladas no Brasil cresceu 10%, atingindo 153,8 mil.