Tamanho da fonte: -A+A

A Alcatel-Lucent vai instalar e testar uma rede de dados 4G em tecnologia LTE (long-time evolution) para a Polícia Militar de São Paulo.

O projeto, segundo divulgado pela PM, é pioneiro na América Latina.

“O diferencial desta tecnologia, inédita na América Latina, está no aumento significativo da velocidade de transmissão de dados, o que permitirá transmitir voz, vídeo, áudio e dados das viaturas direto para o Centro de Operações da Polícia Militar – Serviço de Emergência 190 (Copom)”, detalha o tenente-coronel Alfredo Deak Júnior, chefe do Copom.

Segundo ele, a solução vai trazer uma “mudança cultural gigantesca” ao modelo de policiamento do estado.

“Todos os sistemas inteligentes da PM poderão ser acessados diretamente dos computadores de bordo, reunindo sistemas como Fotocrim, Copom online, BOPM e Macrocrim, entre outros”, explica.

O sistema de comunicação de voz atualmente utilizado pela PM paulista, que funciona por rádio digital, também vai receber upgrade.

Com a implantação da Alcatel-Lucent, o sistema passa a permitir vídeoconferências entre o despachador (policial que trabalha no Copom e transmite às viaturas as ocorrências que a PM recebe pelo telefone 190) e os comandantes que estão no local destas ocorrências.

“O mais importante é que essa nova tecnologia tem capacidade operacional para integrar todos os serviços públicos de emergência numa rede única e integrada”, ressalta Deak. “Isso permite que durante catástrofes e grandes eventos esportivos, por exemplo, todas as instituições estejam integradas, sem perder os controles individuais e seguranças próprias”, complementa.