Francisco Curi

A TVN, grupo formado por sócios brasileiros, argentinos e americanos e focado em serviços de TV a cabo, Internet banda larga e telefonia IP, vai investir R$ 30 milhões na região metropolitana de Porto Alegre nos próximos quatro anos.

A companhia, que tem sede em São Luiz-MA, instalou-se em Canoas há pouco menos de um ano e já conta com 1,8 mil assinantes. Neste mês de maio, as operações iniciaram em São Leopoldo e até o fim de 2010 a meta é estar presente também em Esteio, Sapucaia e Cachoeirinha, somando cerca de 5 mil assinantes, pelo menos.

Já a cobertura total da operadora no Rio Grande do Sul deverá chegar ao fim deste ano em 1200 km de rede coaxial.

“Só em Canoas são 250 km”, afirma o argentino Francisco Curi, gerente geral da TVN no estado. “Investiremos em mais rede, além de cabeamento e equipamentos como caixas digitais. Ofereceremos Internet banda larga de até 12 Mb”, conta ele.  

Para bater a concorrência, a TVN aposta em preços competitivos – há pacotes de serviços entre R$ 49 e R$ 129 – e diversidade de serviços, como o lançamento, previsto para um período de 60 a 90 dias, de uma oferta de telefonia IP em combo com a banda larga e cable TV.

Atendimento também é foco para a operadora. Hoje, são cerca de 25 colaboradores em Canoas e 20 em São Leopoldo, divididos nas áreas comercial e técnica.

“Projetamos ampliar estas equipes. Em 1,5 ano, nosso objetivo é gerar em torno de 150 empregos no estado, em cargos de vendas, técnicos e no setor administrativo”, finaliza Curi.