A ZTE foi selecionada pela Anatel para auxiliar no fornecimento de uma rede Gigabit Passive Optical Network (GPON) para 300 mil assinantes no país.

A empresa não forneceu os valores, mas, em nota, disse que a licitação foi “uma das maiores já realizadas no mercado sul-americano”.
 
A operadora detia uma participação de 95,5% no mercado uruguaio de banda larga em junho de 2010, sendo uma das maiores players locais.

Nos termos do contrato, a ZTE ajudará a operadora a fornecer uma velocidade de banda larga de 100Mbps para 300 mil assinantes.
 
A rede GPON – tecnologia óptica para acesso de alta capacidade para serviços triple-play (voz, vídeo e dados)– vai oferecer serviço de banda larga em vários cenários FTTx, incluindo FTTH, FTTB, backhaul e redes corporativas.

Para o projeto, a ZTE fornecerá a plataforma de acesso óptico de próxima geração e serviços convergentes, o ZXA10 C300.
 
“A ZTE vem cooperando com a ANTEL em várias áreas, incluindo gateways residenciais e celulares”, disse o vice-presidente da ZTE, Xu Ming.

Segundo Ming, a ZTE já implantou de mais de 100 milhões de linhas de xPON no mundo, e ocupa o primeiro lugar entre os grandes fornecedores de GPON em termos de crescimento da receita, de acordo com o relatório 4Q10 Market Share - FTTx, DSL, and CMTS ports da Ovum, a ZTE.