A Oi lançou nessa quinta-feira, 29, em 100 municípios, suas primeiras ofertas com dentro dos termos de adesão do PNBL.

São 34 cidades na região Sul do país.

Trata-se do Oi Velox com velocidade de 1Mbps e a R$ 35 por mês.

Segundo a empresa, nos estados em que for concedida isenção de ICMS para serviços de banda larga, a oferta será feita a R$ 29,90 mensais.

Inicialmente, serão atendidos 100 municípios, distribuídos em 17 estados. Passado um mês da oferta, o plano será ampliado. A meta da operadora – a quarta no ranking da Anatel – é chegar a 300 cidades ainda em 2011.

No primeiro semestre de 2012, mais 900 municípios serão beneficiados e, até o fim de 2014, as ofertas estarão disponíveis em todos os 4.800 municípios da área de atuação da Oi.

De acordo com a operadora, o cliente não precisará pagar pelo modem – cedido em regime de comodato – nem pelo provedor de acesso à internet.

Conforme previsto no termo de adesão ao PNBL, o cliente poderá optar tanto por uma oferta que não esteja vinculada à contratação do STFC (telefone fixo) como por um pacote de serviços que inclua o Oi Velox e telefone fixo por até R$ 69,90 mensais – ou R$ 64,80, nos estados com isenção de ICMS.

Nas cidades já abrangidas, o serviço estará disponível para novos clientes e também para os já assinantes.

A Oi também parcelou o valor da habilitação em 10 vezes de R$ 9,90 por mês na fatura do plano.

No Rio Grande do Suil, são contemplados os municípios de Ponte Preta, Novo Tiradentes, Campo Novo, Alto Feliz, Glorinha, Boa Vista do Sul, Erval Seco, Santo Antônio do Palma, Quinze de Novembro, São Domingos do Sul, Vista Alegre, Bossoroca, Boa Vista do Buricá, Ciríaco, Brochier, Barão, Boa Vista das Missões, Ibiraiaras, Coxilha, Sentinela do Sul, Engenho Velho, Três Forquilhas, São Vendelino, Cerrito, Dois Lajeados e Nova Araçá.

Diamante do Sul, Jardim Olinda, Farol, Cruzmaltina e Espigão Alto do Iguaçu, no Paraná, e Matos Costa, Zortéa e Rio Rufino, em Santa Catarina, completam a lista da Região Sul.