A Oi, quarta entre as quatro maiores operadoras do Brasil segundo a Anatel, está apostando nas redes Wi-Fi para se destacar da concorrência.

Se valendo das redes da Vex, Fon e Metropolitana, a operadora espera conquistar clientes com uma rede quase onipresente.

“A Oi proporcionará ao cliente uma nova experiência de internet, onde e como quiser. A Oi agora oferece a maior rede wifi da América Latina como mais uma opção de convergência”, comenta Pedro Ripper, diretor de Inovação e Novos Negócios da Oi.

Hoje, o Oi Wi-Fi já opera 2.000 pontos de acesso na América Latina, sendo 1.600 no Brasil.

Além disso, possui contrato de roaming com parceiros internacionais que permitem acesso a mais de 40.000 pontos no mundo.

O objetivo da companhia é atingir, até o final de 2012, 1 milhão de pontos de acesso wi-fi no Brasil.

Adquirida em julho, a Vex agregou à Oi mais de 40 mil pontos de acesso “hotspots” no Brasil e no mundo, distribuídos em localidades com grande demanda por serviço de dados, como aeroportos, hotéis, restaurantes e business centers.

Só no Brasil são 1.600 pontos.

Uma vez em áreas cobertas, clientes dos planos Oi Velox a partir de 5 MBytes, Oi Conta Total com Velox a partir de 5 MBytes, Oi Velox 3G e Oi Dados a partir de 2 Gbytes ganham acesso à rede.

O acesso é gratuito e ilimitado.

No caso da Fon, foi firmada uma parceria para um projeto piloto em restaurantes, clubes, shoppings, salões de beleza, cafés, bares, academias de ginástica e em residências dos bairros de Ipanema e Leblon, no Rio de Janeiro.

Na experiência, clientes Oi Velox (5 MBytes) do Rio poderão optar pelo compartilhamento de sua banda larga, recebendo gratuitamente um roteador wi-fi, que outros cadastrados poderão compartilhar.

Em troca, este cliente passa a ter acesso a todos os 4 milhões de hotspots da Fon no mundo.

Os demais usuários de serviços de dados da Oi e de outras operadoras terão os 30 minutos iniciais do primeiro acesso gratuitos para experimentar a rede Oi WIFI.

O piloto está previsto para ser concluído em janeiro de 2012.

Além disso, a Rede Metropolitana está desenvolvendo outro piloto, para a criação de um “outdoor” Oi Wi-Fi, inicialmente na orla do Rio de Janeiro, além de avenidas e ruas.