E-commerce viola regras de usabilidade

Cartola: 
Olho: 
Os sites brasileiros de e-commerce venderiam mais se aplicassem regras simples de usabilidade. A observação foi feita pela consultoria Mercedes Sanchez que acaba de lançar o estudo “Usabilidade da Página de Produto em e-commerce”.

De acordo com o levantamento, todos os pesquisados – Casas Bahia, Fnac, Saraiva, TIM, Claro, Gimba, Submarino, Vivo, Compra Fácil, Kalunga, Polishop, Wal-Mart, Extra, Netshoes e Sack – violaram princípios básicos de usabilidade, o que leva à perda de vendas.