SC: mão de obra preocupa mais que tributos

Cartola: 
Olho: 
A falta de mão de obra especializada não é consenso das reclamações só no Rio Grande do Sul: em Santa Catarina, conforme revela uma pesquisa do Cetic-SC, o quadro é o mesmo.

Para o estudo, foram ouvidos os presidentes de sete entidades de tecnologia do estado: Blusoft (Blumenau), Assespro-SC, CDI  (Comitê para Democratização da Informática), Seprosc, Abradi-SC, Sucesu-SC e Fundação Softville.