A Lenovo contratou a Systax para se adequar às mudanças de regras tributárias. Foto: Divulgação.

A Lenovo contratou a Systax para se adequar às mudanças de regras tributárias, como a “repartição” progressiva do ICMS entre vendas interestaduais. 

Vigente desde 1º de janeiro, a alteração na tributação afeta drasticamente empresas de vendas pela internet. 

Com a Systax, a Lenovo tem acesso ao acervo com mais de 2 milhões e 800 mil regras tributárias da empresa de inteligência fiscal, além de regras de IPI, PIS e COFINS.

“Estávamos em busca de uma solução sistêmica e automática que pudesse monitorar as muitas alterações das legislações que ocorre em todos os estados e que são aplicáveis aos nossos produtos, algo que pudesse nos ajudar a manter nossos cadastros atualizados e corretos quanto a aplicação das regras fiscais”, explica o gerente tributário da Lenovo, Aguinaldo Brito.

A Lenovo contratou a revisão e atualização de todas as regras fiscais e tributárias do cadastro de todos os produtos comercializados para aplicar a nova sistemática da EC 87/2015. 

Além disso, a solução de monitoramento das alterações de legislação e regras fiscais também fazem parte do escopo de serviços que a Systax executa para a Lenovo.

Ao todo, logo no início da operação, foi realizado um cruzamento de dados que resultou em mais de 18 mil itens e cenários sendo monitorados diariamente com reporte semanal para a diretoria da fabricante de computadores.

“Foi o fim do esforço manual que tínhamos para pesquisa e busca das várias mudanças e acompanhamento das legislações, com a Systax obtemos rapidez e eficiência das informações, além de precisão por meio do monitoramento diário realizado”, enaltece Brito.

A Systax acompanha diariamente as mudanças da legislação tributária para garantir a atualização dos parâmetros fiscais nos diversos ERPs e sistemas tributários.

Com unidades em São Paulo e Recife, a companhia atende a clientes como Avon, Cinemark, Gerdau, Algar, Centauro e Leroy Merlin.