AUTO

Mercedes-Benz negocia compras com Membran-i

01/12/2021 10:41

A montadora conheceu a ferramenta através do programa de aceleração da Liga Ventures.

A companhia é líder no segmento de veículos pesados no Brasil. Foto: divulgação.

Tamanho da fonte: -A+A

A Mercedes-Benz, líder no segmento de veículos pesados no Brasil, adotou a plataforma MAI, solução SaaS de negociação de compras em rede B2B da Membran-i, para reduzir o valor da aquisição de itens produtivos e não-produtivos.

A montadora conheceu a ferramenta através do programa de aceleração Liga AutoTech, promovido pela Liga Ventures com a Mercedes-Benz e a NGK entre 2020 e 2021.

Em um desafio proposto pela área de compras da multinacional durante o período de aceleração, a companhia conseguiu reduzir, em média, 7% no valor na aquisição de itens não-produtivos e 5% no de itens produtivos para a fábrica. 

O departamento da montadora lida com uma ampla variedade de insumos, prazos de entrega curtos, metas de economia na aquisição desses itens, além da cotação de itens com processos produtivos complexos, o que tomava muito tempo do comprador para analisar os mapas comparativos.

Com o objetivo de simplificar e tornar o processo de cotação mais ágil e com governança, os times de compras da Mercedes-Benz auxiliaram a Membran-i no entendimento do setor automotivo e na evolução da inteligência artificial.

Ao iniciar a aceleração, foi observado que os itens não-produtivos eram mais aderentes à plataforma MAI, e optou-se por iniciar com eles. A economia média alcançada foi de 7% no valor de aquisição desses itens e, em um dos itens negociados, o número chegou a 47%.

Validados os resultados dos itens não-produtivos, decidiu-se estender o desenvolvimento da solução para atender também os itens produtivos.

Em 30 dias, foi aperfeiçoado o algoritmo da inteligência artificial da plataforma MAI e desenvolvida a metodologia Total Flex Scale, que permitiu negociações multiproduto em escala. 

Após a implementação, a economia média da negociação dos itens produtivos pela plataforma foi de 5%, chegando até 23% de economia em um dos itens.

Agora, todos os itens produtivos e não-produtivos podem ser negociados através da solução. A tecnologia proprietária da Membran-i é responsável por toda a análise, orientação e decisão de compras.

"Nós tivemos, não somente do usuário, mas também dos fornecedores, um feedback positivo. Uma plataforma simplifica, ela muda sim a minha forma de trabalhar. Mas por outro lado eu também vejo benefícios na forma como eu consigo gerenciar uma cotação e posso obter meus ganhos e garantir o meu target", destaca Silvia Simon, gerente sênior de compras da Mercedes-Benz.

Daqui para frente, a executiva pretende expandir o uso da ferramenta a outros usuários. 

A Mercedes-Benz do Brasil produz caminhões e ônibus com unidades em São Bernardo do Campo, Campinas e tem campo de provas de veículos comerciais em Iracemápolis, em São Paulo, e Juiz de Fora, em Minas Gerais.

São mais de 10 mil funcionários e os veículos produzidos no Brasil são exportados para cerca de 50 países.

Fundada em 2018, a Membran-i transaciona R$ 75 milhões por ano em sua plataforma, que conta com mais de 50 clientes, entre eles EDP Brasil e Mercedes-Benz do Brasil.

Veja também

TRIMESTRE
Senior tem alta de 43%

Empresa fatura R$ 161 milhões e vai rumo dos R$ 600 milhões em 2021.

COMPLETO
Acelen fecha mega projeto SAP

Nova dona da refinaria baiana da Petrobras fecha pacotão com a SAP.

BOMBA
Wired mostra caos na Amazon

Matéria revela cenário chocante de falta de cuidado com dados na gigante do varejo americano.

BICHOS
Dzodan tem um unicórnio?

Facily capta US$ 250 milhões, mas não abre qual foi avaliação dos fundos.

ESTÁGIOS
Meta lança índice de transformação digital

Iniciativa começa junto aos clientes, mas deve evoluir para um ranking geral.