Dados migraram sem problemas de um sistema para o outro. Foto: Pexels.

O Grupo RFM, construtora sediada em São Paulo, fez uma migração do SAP ECC para o S/4 Hana, a última versão do software de gestão da SAP, com consultoria da Essence.

A migração de dados durou menos de 30 dias. Antes do go-live, a equipe da RFM realizou com a Essence uma rodada de cinco dias de testes integrados entre as diversas áreas, incluindo contábil, financeira, compras e fiscal. 

A virada de chave foi concluída durante um feriado prolongado em novembro de 2019. A base de dados tinha 650 GB e o sistema tinha 348 desenvolvimentos próprios.

“Dessa forma, não ficamos em nenhum momento sem o ambiente. Saímos do SAP ECC direto para o SAP S/4HANA. Na segunda-feira seguinte, o time da Essence esteve conosco para nos ajudar com qualquer dificuldade, orientar os colaboradores e, ao final das primeiras quatro horas, o ambiente estava 100% operacional”, afirma Carlos Henrique Studenroth, CFO da RFM.  

Além do novo ERP, que funciona sobre banco de dados em memória, o que aumenta a capacidade analítica, a RFM também implementou o SAP Fiori, gerando ganhos na visualização das telas do sistema.

A meta de crescimento da RFM para 2020 é de 40%. A empresa tem 140 funcionários e mais de 1 mil colaboradores alocados em seus projetos, que no ano passado chegaram a um valor contratado de R$ 1,2 bilhão.

A Essence desenvolveu um software próprio batizado de MIG25 para agilizar esse tipo de migrações ao longo dos últimos dois anos.

A solução tem recursos de inteligência artificial e machine learning e elimina a necessidade de intervenções manuais, o que reduz drasticamente o tempo dos processos de migração e também o número de profissionais dedicados. 

Tecnologias de migração rápida do ECC para o S/4 Hana devem  entrar em alta nos próximos anos.

A manutenção da família ECC vai até o final de 2027, quando os clientes passarão a ter que pagar mais se quiserem ficar com os sistemas antigos. O prazo era antes 2025, mas foi prorrogado recentemente pela SAP.

A Essence tem 600 colaboradores, localizados na Zona Sul de São Paulo, atendendo 350 clientes ativos, em um lista que inclui Lojas Americanas S/A, Evino, Plano&Plano, Via Varejo, Brookfield e Grupo Pão de Açúcar.