Reboque.me na Avenida Paulista. Foto: Samuel Freire.

A Reboque.me, startup voltada para serviços de assistência 24 horas on-demand para veículos, recebeu um investimento da Randon Ventures, unidade de investimento em startups das Empresas Randon.

O valor do aporte não foi revelado, mas o fundo da empresa conta com um capital de R$ 3 milhões para investir em 12 startups, o que daria uma média de R$ 250 mil por negócio.

Criada em 2015, a Reboque.me atua nos mercados B2B e B2C oferecendo uma solução digital de assistência aos motoristas com ou sem seguro, que promete atendimento em tempo médio até 50% inferior ao modelo tradicional.

Para empresas, ela oferecendo todos os serviços de uma assistência tradicional, inclusive call center, porém digitalizando o processo e utilizando tecnologia e modelo de faturamento baseado na utilização e não no tamanho da frota.

Já para os clientes sem seguro, a Reboque.me possibilita que cerca de 50 milhões de motoristas em circulação possam acessar serviços de assistência a qualquer momento do dia ou da noite, pagando somente o que for usado.

Em 2017, a Reboque.me foi acelerada pela Oxigênio Aceleradora e recebeu investimento da Plug and Play Techcenter, aceleradoras de startups com sede no Vale do Silício, nos Estados Unidos.

“Esse aporte da Randon Ventures nos deixa ainda mais preparados para atender todos esses modelos e levar a assistência, como inovação e transformação digital, para os nossos clientes”, afirma Samuel Freire, CEO e fundador da Reboque.me.

Esse é o segundo aporte realizado pela Randon Ventures, lançada em fevereiro deste ano.

A primeira startup investida foi a TruckHelp, plataforma paranaense de soluções e serviços para caminhoneiros e transportadoras que conta com ferramentas para conectar esse público com autopeças e oficinas mecânicas.

A Randon Ventures foi estruturada junto a ACE, Ventiur e Baita, aceleradoras de startups com atuação nacional, e seu foco é em novas tecnologias para os segmentos de logística, serviços financeiros, seguros e mobilidade das coisas como forma de ampliar o portfólio da companhia.

“Além disso, sabemos que o atual cenário que estamos vivendo exige uma reinvenção constante no modelo de atuação de diversos segmentos e a Ventures nos apoia, também, a enxergar novas possibilidades de negócios”, destaca Daniel Ely, CTO das Empresas Randon.

Com um faturamento líquido de R$ 5,1 bilhões em 2019 (alta de 19,5%), a Randon atua nos setores de reboques e semirreboques, veículos fora-de-estrada, autopeças e serviços financeiros, com presença em 100 países.