Foto: Pexels

Tamanho da fonte: -A+A

A RaiaDrogasil, uma das maiores redes de farmácia do país, comprou a Amplimed, startup catarinense especializada na gestão digitalizada de clínicas e consultórios.

A compra foi realizada por meio da RD Ventures, plataforma de Corporate Venture Capital da RaiaDrogasil. O valor e os termos da transação não foram revelados pela companhia.

A rede de farmácias adquiriu 100% do capital social da Amplimed, mas a startup seguirá como empresa independente e sob a gestão dos seus fundadores.

O plano é integrar a nova aquisição ao ecossistema da rede de farmácias, que já inclui outras empresas como Vitat, Manipulaê, Healthbit, Cuco Health, 4Bio e Stix. 

A Stonecapital atuou como assessor dos vendedores na transação.

A aquisição permitirá a digitalização dos dados de saúde e de todo o ecossistema da Raia, conectando os consultórios e clínicas ao marketplace de serviços de saúde da Vitat.

“Esse movimento intensifica nossa estratégia de fortalecer a farmácia no ecossistema de saúde, trazendo mais inovação e tecnologia”, afirma Marcilio Pousada, presidente da RaiaDrogasil.

A Amplimed foi criada em 2015 em Chapecó, Santa Catarina, e oferece soluções em software de prontuário médico (SaaS), incluindo prontuário eletrônico, plataforma de telemedicina, prescrição eletrônica, entre outros. 

Fundada pelos empreendedores Darlan Segalin, Liandro Segalin e pelo médico ortopedista Marcos Sonagli a partir de uma necessidade percebida na clínica médica. A health tech já foi investida pela Oxigênio Aceleradora, da Porto Seguro com a Plug and Play Tech Center.

A empresa conecta mais de 20 mil médicos a 9 milhões de pacientes, estando presente em 450 cidades brasileiras.

Além da Amplimed, a RaiaDrogasil adquiriu a participação em outras duas startups focadas em digitalização de serviços na área de saúde:  6,5% do capital social do Labi Exames, healthtech focada em exames laboratoriais, testes, check-ups e vacinas, e 12,5% da Conecta Lá, que oferece serviços de TI focados em marketplace.