A Prodest investiu R$ 1,08 milhão na contratação da 7Lan. Foto: Divulgação.

O Instituto de Tecnologia da Informação e Comunicação do Estado do Espírito Santo (Prodest) investiu R$ 1,08 milhão na contratação da empresa 7Lan para fazer manutenções na Rede Metro-ES, que atende a mais de 100 órgãos estaduais com fibra óptica, em Vitória.

Os serviços serão executados pelo prazo de 12 meses. Com 45 quilômetros de extensão, a Metro-ES possui velocidades de 1 a 10 gigabits por segundo.

Além de instituições do poder executivo, a Metro-ES abrange o Tribunal de Justiça do Estado do Espírito Santo (TJES), a Assembleia Legislativa do Estado do Espírito Santo (Ales) e o Ministério Público do Estado do Espírito Santo (MPES).

“Com esse investimento, teremos mais condições de manter o alto nível de disponibilidade dos serviços do data center aos nossos clientes. Isso faz com que os órgãos estaduais possam trabalhar com mais eficiência e foco nas necessidades da população”, enfatiza Paulo Henrique Rabelo Coutinho, presidente do Prodest. 

A 7Lan, especializada em serviços de TI, tem matriz no Rio de Janeiro e uma filial no Espírito Santo.