por Eximio
INFRA

Hospital da Restinga de Porto Alegre migra TASY para Oracle Cloud

05/07/2021 09:16

Projeto de arquitetura e implantação foi executado pela Exímio TI, de Santa Catarina.

Paulo Fernando Scolari, diretor geral do HRES. Foto: divulgação.

Tamanho da fonte: -A+A

O Hospital Restinga e Extremo-Sul investiu na atualização da infraestrutura para suportar o sistema TASY da Philips e simplificar a implantação da versão HTML5 da gigante de saúde.

A necessidade de atualizar versões, apresentar mais recursos e disponibilizar escalabilidade, fez com que a instituição buscasse na Cloud Oracle uma opção para reduzir custos.

Para o diretor geral do HRES, Paulo Fernando Scolari, que está à frente da direção desde 2018, a decisão por utilizar a Cloud Oracle com a Exímio se deu pela segurança que este processo representa para os dados do hospital, além da celeridade de seu armazenamento e consulta. “Esta decisão propiciou significativa redução nos custos na manutenção deste serviço, que é fundamental para nossos processos”, explica Scolari.

Scolari pontua que as mudanças sempre são precedidas de apreensão, mas a performance correspondeu à expectativa da TI, com respostas imediatas aos comandos executados.

sede-1

O hospital conta com 111 leitos de internação, sendo 10 somente de UTI, e, por esta razão, a criticidade de um projeto como este. 

A diretora comercial da Exímio, Cristiane F. Gramkow, comenta que a empresa, com expertise de mais de 13 anos, consegue diminuir riscos e variáveis para manter o sistema o menor tempo indisponível. Já o responsável pela TI do HRES, Vinicius Gerlach, afirma que o projeto realmente foi um grande sucesso. “Inicialmente, passamos um período de readequação em função da migração, o que acaba impactando em todos os setores, mas tudo com o total apoio do suporte da Exímio”, avalia.

Um dos pontos que mais chamaram a atenção para o HRES foi a praticidade da implantação do Tasy HTML5 com a base em Cloud, em qualquer estabelecimento que a instituição necessite realizar a gestão.