PERFIL

Rodrigo Ribeiro assume TI do Banco ABC Brasil

05/08/2021 12:17

Executivo tem background em finanças e varejo, o que deve ser útil na nova posição.

Rodrigo Ribeiro.

Tamanho da fonte: -A+A

O banco ABC Brasil acaba de contratar Rodrigo Ribeiro, ex-diretor de TI da Arezzo, para assumir o mesmo cargo na instituição financeira.

Ribeiro já tem um background importante no setor financeiro, tendo sido head de desenvolvimento de aplicações no banco digital gaúcho Agibank, e gerente de desenvolvimento de sistemas no Itaú.

O profissional também tem experiência no segmento de varejo tendo sido head de arquitetura, governança e inovação do Boticário e coordenador de TI nas Lojas Renner.

A vivência em empresas do varejo pode ser útil no ABC Brasil, um banco com cerca de 1 mil funcionários sediado em São Paulo que vem fazendo movimentos para diversificar sua atuação, atingindo inclusive o público pessoa física.

O ABC Brasil tem uma carteira de 2,788 clientes e nos últimos dois anos, apostou por clientes de porte médio, com faturamentos entre R$ 30 milhões e R$ 300 milhões.

Eles já são 1 mil no total, e representam 6,3% da carteira total do ABC, hoje na casa dos R$ 35,5 bilhões.

O banco deve receber em breve uma autorização para abrir uma corretora de seguros e está em fase piloto para a concessão de crédito consignado privado, visando os empregados das empresas que atende.

Veja também

E-COMMERCE
Ramatis Rodrigues agora é sócio da Shopper

O executivo vem da Linx e já passou por cadeiras C-level em empresas como Carrefour e Via Varejo.

UNICÓRNIO
Unico levanta US$ 120 milhões

Com o novo aporte, empresa de idtech passa a ser avaliada em US$ 1 bilhão.

LGPD
Banco Safra é multado em R$ 2,4 milhões

Instituição foi a quinta penalizada pela Secretaria Nacional do Consumidor pelo mesmo motivo.

APPS
Banrisul faz onboarding com Flexdoc

Banco estatal gaúcho agora tem funcionalidades de validação biométrica no app.

APIs
Sicredi faz open banking com Sensedia

Cooperativa de crédito está adiantada em relação ao cronograma do Banco Central.

FINTECH
JP Morgan compra 40% do C6 Bank

Segundo o site Bloomberg, a americana poderá deter a totalidade do banco no futuro.