Espaço físico terá mais de 4 mil m² na ala noroeste da arena. Foto: divulgação.

O Governo do Estado de São Paulo, a Federação Paulista de Futebol (FPF) e as empresas EY, 2simple, V3A e BNZ anunciaram o início das operações do Arena Hub, centro de inovação e fomento ao empreendedorismo com foco em esportes e entretenimento.

Localizado no Allianz Parque, mais conhecido como Arena Palmeiras, o hub vai começar a funcionar na próxima quinta-feira, 7, em formato 100% digital - devido ao momento de distanciamento social.

Assim como em outros centros de inovação em atividade no Brasil e no exterior, a iniciativa vai reunir remotamente diversos players de um mesmo setor interessados em trabalhar de forma conjunta para desenvolver soluções a desafios estratégicos.

Para isso, o Arena Hub trabalha com startups em diferentes estágios de desenvolvimento, oferecendo auxílio por meio de diversos programas de aceleração, capacitação, challenges, hackathons e mentorias coletivas, além de acesso a conteúdo e conhecimento.

O espaço já conta com mais de 40 startups selecionadas, além de mais de 25 entidades parceiras, e as inscrições seguem abertas para outras interessadas.

"Procuramos priorizar startups com propostas extremamente relevantes para o desenvolvimento do ecossistema, principalmente em um momento tão desafiador como este que estamos vivendo", conta Renato Gil, cofundador da 2simple.

Sem fins lucrativos, a associação será mantida por empresas da iniciativa privada, que poderão utilizar as startups para solução de seus problemas internos e na criação de projetos com foco em desenvolvimento econômico e social.

"O Arena Hub segue firme em seu propósito de conectar profissionais, startups, entidades, investidores e grandes empresas para criar, apoiar e acelerar iniciativas, empresas, tecnologias e ideias que melhorem a vida das pessoas", afirma Ricardo Trade, do  conselho diretivo do Arena Hub.

No espaço físico, serão mais de 4 mil m² na ala noroeste da arena, com gestão e design de responsabilidade do Allianz Parque. 

"Buscamos inspiração em iniciativas internacionais para desenvolver o esporte como plataforma capaz de construir um mundo de negócios melhor, unindo pessoas e oportunidades por meio da tecnologia", afirma Pedro Daniel, diretor-executivo de esportes, mídia e entretenimento da EY.

Presente em mais de 150 países, a EY é especializada em serviços de auditoria, impostos, transações corporativas e consultoria. No Brasil, conta com 5 mil profissionais e escritórios em 12 cidades. 

Já a 2simple conecta empreendedores com investidores. Com quatro anos de existência, já realizou projetos com mais de 40 empresas, levantou mais de R﹩10 milhões em investimentos para startups.

A V3A é uma agência de live marketing e projetos proprietários, com sedes nas cidades de São Paulo e Rio de Janeiro e aproximadamente 100 colaboradores.

Inaugurada em 2014, a Arena Palmeiras tem 42 mil lugares cobertos, anfiteatro para até 18 mil pessoas, centro de convenções, 160 camarotes e 6 lounges, além de mais de 500 antenas Wi-Fi e estacionamento para mais de 2 mil veículos.